Categoria: Notícias

16 de agosto de 2018

Ontem, dia 15 de agosto foi celebrado o dia da gestante. E o que a gravidez pode ter a ver com a incontinência urinária?

Segundo a Sociedade Internacional de Continência(ICS) , a incontinência urinária é definida como qualquer perda involuntária de urina. São definidas em cinco tipos: incontinência urinária de esforço, incontinência urinária de urgência, incontinência urinária mista, incontinência urinária por transbordamento e incontinência urinária funcional.

A gestação é considerada um fator que favorece o aparecimento de incontinência urinária (IU)), pois pode levar ao enfraquecimento da musculatura do assoalho pélvico. O tipo mais comum de incontinência

2 de agosto de 2018

No próxima sábado, dia 4 de agosto, na cidade de Brackley, no Reino Unido, Zara um paciente com diagnóstico de Cistite Intersticial (CI), também conhecida como Síndrome da Bexiga Dolorosa fará um salto de paraquedas para chamar a atenção da população quanto às dificuldades do diagnóstico e tratamento da doença. O jovem convida à todos a realizarem doações neste dia, todo o dinheiro arrecadado será enviado diretamente ao Bladder Health UK e poderá ajudar a encontrar e financiar tratamentos mais eficazes. A Cistite Intersticial é uma doença dolorosa e debilitante causando dor extrema na parede da bexiga, além de frequência e urgência miccional. A CI não tem nenhuma causa ou cura conhecida até o momento. Estudos indicam que apenas metade de todas as vítimas de CI podem trabalhar em tempo integral. Também foi observado que a qualidade de vida é bastante afetada, semelhante à de um paciente com câncer ou de diálise renal. “Eu tive problemas de bexiga desde antes de me lembrar, mas tenho experimentado a dor nos últimos 15 anos, gradualmente piorando e desfazendo, não só da minha vida, mas da minha identidade. Tenho 31 anos, amo animais, adoro viajar e explorar novos lugares. Mas, no último ano, passei mais da minha vida na cama, com muita dor para me mover, do que realmente vivendo”, relata Zara Bough. A cistite intersticial é uma doença complexa e crônica caracterizada pela irritaçã

Postado em Homem, Mulher, Notícias por Ana Claudia Crotti
20 de julho de 2018

Objetivo é debater diferentes temas da Oncologia nacional Dos dias 25* a 27 de setembro, em São Paulo, acontecerá o 5º Congresso Brasileiro Todos Juntos Contra o Câncer. O objetivo será discutir a Política Nacional de Prevenção e Controle do câncer, salientando os desafios para sua implementação nos 296 hospitais públicos que atendem pacientes com câncer no país. Aproximadamente 3.500 líderes do seguimento participarão, entre eles: gestores, médicos, profissionais da saúde, sociedades científicas, ongs, ativistas, advogados e jornalistas atuantes na Oncologia. O evento é parte do Movimento Todos Juntos Contra o Câncer, idealizado pela Abrale (Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia), em parceria com mais de 50 instituições de saúde, e objetiva influenciar as políticas na área de Oncologia e acelerar a promoção da saúde. As informações completas e as inscrições para o evento podem ser feitas em www.congresso.tjcc.com.br * O primeiro dia é um pré-congresso com workshops fechados destinados à participantes convidados previamente.    

Postado em Eventos, Notícias por Ana Claudia Crotti
15 de junho de 2018

O aparelho urinário, no corpo humano, tem função de filtrar o sangue para eliminar substâncias tóxicas e/ou excessivas, através da produção de urina. É composto pelos rins, ureteres, bexiga e uretra. A bexiga tem a função de armazenar e eliminar a urina que foi produzida pelos rins, através da uretra.

Quem controla todo esse mecanismo é o sistema nervoso, tanto o central (cérebro), como o periférico (nervos). Assim, de forma bem simplificada, a distensão da bexiga pela urina, desencadeia um reflexo, controlado pela interação entre nervos e cérebro, que vai produzir uma contração da bexiga ao mesmo tempo que um relaxamento da uretra, eliminando a urina que estava armazenada.

Tendo isto em mente, é de se esperar que se houver alguma doença acometendo o sistema nervoso, todo esse mecanismo de armazenamento e eliminação de urina não vai funcionar adequadamente, produzindo sintomas urinários.

Várias doenças neurológicas como as malformações, esclerose múltipla, traumatismos raquimedulares, doença de Parkinson, mal de Alzheimer, acidentes vasculares, etc., podem desencadear alterações miccionais como incontinência ou retenção urinária e bexiga hiperativa (aumento da frequência, incluindo a necessidade de levantar várias vezes à noite para urinar, e urgência

Postado em Criança, Homem, Mulher, Notícias por Ana Claudia Crotti
7 de junho de 2018

A incontinência fecal é um sintoma que afeta milhares de brasileiros. Quanto mais idoso, maior será a probabilidade do aparecimento deste quadro. É difícil avaliar a verdadeira prevalência de incontinência fecal na população, sendo referidos valores de 1,4 a 20% para o grupo com idade superior a 40 anos. Essa condição, provavelmente, é mais frequente nas mulheres, mas, em várias pesquisas científicas, não se confirmou existir essa diferença entre os sexos. A causa principal da incontinência fecal são os defeitos ou lesões do assoalho pélvico, formado por um conjunto de músculos. É a única musculatura transversal do corpo humano que suporta carga, sendo responsável por diversas funções: auxílio no aumento da pressão intra-abdominal, na respiração e na estabilização do tronco; suporte dos órgãos abdominais e pélvicos com consequente manutenção da continência urinária e fecal. Além disso, esses músculos permitem o intercurso sexual e desempenham papel importante no parto. Existem vários mecanismos que, conjugadamente, contribuem para a normal continência fecal: a motilidade intestinal, o volume e a consistência das fezes, o grau de consciência mental, o tônus esfincteriano anal e a integridade da inervação dessas estruturas. Ressalte-se que uma alimentação equilibrada e balanceada e muito importante para o tratamento da incontinência fecal. Entretanto, também é necessário avaliar

Postado em Notícias por Ana Claudia Crotti
25 de abril de 2018

Nós estaremos participando do maior evento de fisioterapia pélvica do Brasil. Não perca essa oportunidade, profissionais com muita experiência, aliados a conteúdos atuais e relevantes estarão presentes durante o todo o evento atualizando o que há de melhor nos tratamentos da fisioterapia pélvica. Não perca! Saiba mais mo link: http://conteudo.inspirar.com.br/congresso  

Postado em Eventos, Notícias por Ana Claudia Crotti | Tags: ,
7 de março de 2018

Uma parceria da Associação Brasileira pela Continência BC Stuart e a Associação Comercial de São Paulo, Distrital Centro, no mês que é celebrado o dia mundial da incontinência urinária irá promover uma palestra gratuita, aberta a população em geral sobre Menopausa, Câncer de Próstata e Incontinência Urinária. Objetivo do evento: Chamar a atenção das pessoas, mostrando a importância de falarmos sobre incontinência urinária, suas causas, sintomas e tratamentos. Palestrantes:​ Dra. Márcia Maria Dias é especialista em ginecologia e obstetrícia pela FEBRASGO; doutora em ciências pela UNIFESP; coordenadora do Serviço de Climatério e Menopausa do Hospital Samaritano e membro do Comitê Científico da Associação Brasileira Pela Continência BC Stuart. Dr. Júlio José Geminiani é chefe do Setor de Urologia Reconstrutiva da Unifesp; membro da Sociedade Brasileira de Urologia, da American Urological Association, da Genital Urinary Recosntruction Society e do Comitê Científico da Associação Brasileira Pela Continência BC Stuart. Data: 13 de março de 2018 Horário: 18h30 Local: Auditório da Distrital Centro –  I Simpósio Internacional de Abordagem Integrada Obstetrícia e Neonatal

26 de fevereiro de 2018

SOBRE O EVENTO

O Simpósio abordará temas atuais da assistência perinatal com discussão integrada de casos (mesas redondas), além de grandes temas obstétricos, envolvendo suas repercussões no feto e recém-nascido, as formas de acompanhamento e medidas terapêuticas. Estão entre os principais tópicos: gravidez de risco e patologias gestacionais (rotura prematura de membranas, infecção, hipertensão, pré-eclâmpsia, restrição de crescimento e avaliação de vitalidade fetal, dilemas entre parto vaginal e cesáreo, procedimentos intraútero), feto e recém-nascido de risco (prematuridade, sua prevenção e novas abordagens, surfactante, estratégias de reanimação em sala de parto, asfixia, repercussões tardias de infecções maternas, hipotermia, prognóstico).

PÚBLICO-ALVO

Obstetras, neonatologistas, enfermeiros e fisioterapeutas que tenham interesse em atualizar os conhecimentos na área de perinatologia, participando de discussões conjuntas de situações que são motivos de questionamentos diários em busca das melhores práticas e do cuidado para o binômio mãe-bebê.

Não percam!

Postado em Eventos, Notícias por Ana Claudia Crotti
10 de fevereiro de 2018

Dia 10 de fevereiro é o dia do atleta profissional. Mas você sabe quem é esta pessoa? O atleta profissional é aquele indivíduo que tem o esporte como sua profissão. Sua vida não é nada fácil: treinos exaustivos, competições ao final de semana, corpo dolorido, dietas, uso de suplementos, fisioterapia diária… Ufa! Neste cenário, em que o corpo é levado ao limite, surgiu, nos Jogos Olímpicos de 2016, o termo incontinência atlética. A incontinência atlética acomete mulheres jovens e que nunca tiveram partos. Ela não tem os clássicos fatores de risco para as disfunções do assoalho pélvico, como idade, paridade e obesidade. A perda de urina ocorre somente no esporte, principalmente no trampolim acrobático (cama elástica), corrida de longa distância, vôlei e basquete. O treinamento dos músculos do assoalho pélvico pode melhorar a incontinência atlética, mas deve ser ajustada a especificidade de cada esporte. Além disso, muitas destas atletas usam dispositivos vaginais, como tampões ou Pessários para minimizar a perda de urina. O atleta profissional normalmente tem uma equipe de profissionais que cuida da sua carreira e garante que o seu “instrumento de trabalho”, o corpo, esteja sempre saudável. Nutricionistas, médicos, psicólogos, fisioterapeutas, técnicos, entre outros, devem conhecer a incontinência atlética, para minimizar o impacto do exercício físico no assoalho pélvico. Bons

Postado em Homem, Mulher, Notícias por Ana Claudia Crotti | Tags: ,
8 de fevereiro de 2018

A Jornada terá como objetivo debater, com alunos, professores e fisioterapeutas, temas relacionados à atuação da Fisioterapia na prevenção e tratamento das Disfunções do Assoalho Pélvico na criança, na mulher, na gestante, no homem e no idoso. O evento também faz parte das comemorações relacionadas ao Dia Mundial da Incontinência Urinária, que é celebrado no dia 14 de março.   O evento será realizado pela Associação Brasileira pela Continência B. C. Stuart. A Associação é uma entidade sem fins lucrativos que tem como meta principal informar e encaminhar para tratamento a população que sofre com as incontinências urinária e fecal. A Jornada conta com o apoio do Centro Universitário São Camilo. Toda a renda obtida será revertida para o atendimento da população e para as ações de conscientização realizadas pela Associação.   Data: 24/03/18 Local: Centro Universitário São Camilo – Pequeno Auditório Av. Nazaré, 1501 – Ipiranga – SP   Valor da inscrição: R$ 120,00 (para profissionais e graduandos de outras instituições) R$ 100,00 Alunos do Centro Universitário São Camilo. Enviar comprovante de matrícula para o email: associacaobrasileira.bcstuart@gmail.com.   Dados bancários: Favorecido: Associação Brasileira Pela Conti

Postado em Eventos, Notícias por Ana Claudia Crotti