Categoria: Sem Categoria

27 de março de 2021

O controle da urina durante o dia deve acontecer até os 3 anos e e o controle da noite até os 5 anos de idade. Após essa idade, se ocorrer escapes de xixi durante o dia é denominado de incontinência urinária diurna e se houver durante o sono, é conhecido como enurese ou “xixi na cama”. A enurese é classificada em monossintomática quando o único sintoma é o xixi cama, mas quando associada a outros sintomas como escapes durante o dia, ir várias vezes ao banheiro ou ir muito pouco, cruzar as pernas para segurar o xixi, sair correndo para ir ao banheiro, intestino preso, infecção urinária, é denominada não-monossintomática ou disfunção da bexiga e do intestino. As causas das alt… [09:46, 27/03/2021] Ana Claudia Crotti: O tratamento específico para as disfunções da bexiga e do intestino em crianças incluem uroterapia padrão e uroterapia específica com biofeedback e eletroestimulação. A uroterapia padrão inclui explicações sobre a função da bexiga, do intestino e orientações sobre modificações comportamentais, como urinar em intervalos regulares, beber mais líquido durante o dia e evitar líquido á noite, evitar alimentos e líquidos irritativos como sucos e frutas ácidas como limão, abacaxi, laranja, cafeína, refrigerantes, alimentos industrializados e diminuir o consumo de sal. É importante ter uma postura adequada na hora de urinar e evacuar, para isso é recomendado um redutor do as

22 de março de 2021

O câncer de próstata é um dos mais frequentes na população masculina e chega atingir até 1 em cada 6 homens. O diagnóstico precoce aumenta a chance de o paciente ter um melhor prognóstico e evita as complicações mais comuns, como a incontinência e a impotência. A implicações da incontinência chegam a ser mais significativas que as da impotência, pois o homem incontinente enfrenta impactos não apenas na vida sexual, mas também no âmbito social, profissional e psicológico. O rastreamento para câncer de próstata é realizado através dos exames de PSA e toque retal, a partir dos 50 anos. É importante ressaltar que o rastreamento evita o diagnóstico tardio e, com o auxílio de exames adicionais como a ressonância magnética, tem-se a decisão de fazer ou não a biópsia da próstata. O urologista deve ponderar junto ao paciente e sua família os prós e contras da biópsia, com o objetivo de evitar o diagnóstico de tumor indolente e não deixar passar um tumor clinicamente significante. Atualmente, a evolução do diagnóstico permite a adoção de tratamentos individualizados para o câncer de próstata, dependendo da diferenciação dos graus da doença: se ela está em estágio inicial, moderado ou avançado (já tendo se espalhado para outros órgãos). Essa avaliação inicial ocorre com a realização dos exames já mencionados (PSA, ressonância) e também de cintilografia óssea. Com o resultado da biópsia, e

17 de março de 2021

A incontinência urinária ou a perda involuntária de urina é um problema muito frequente que afeta homens, mulheres, crianças e idosos. Há algumas situações que predispõem a pessoa a desenvolver ou a agravar a incontinência urinária. Nas mulheres, o período de climatério e a menopausa contribuem para a perda de urina. Com a menopausa, ou a cessação dos ciclos menstruais e fim da fase reprodutiva, ocorre a queda significativa da produção dos hormônios sexuais principalmente do estrogênio na mulher. Além dos já conhecidos sintomas de calores, sudorese, alteração de humor que a mulher pode apresentar, estão também a secura na vagina, os sintomas sexuais como queda de libido, e os sintomas urinários de modo geral. Dentre os problemas urinários que podem ocorrer após a menopausa estão: ardor para urinar, aumento da frequência miccional, urgência urinária (desejo súbito de urinar) e as perdas de urina. A incontinência urinária pode ser principalmente de dois tipos: a de esforço (perder urina ao tossir, espirra, correr, pegar peso) e a incontinência urinária de urgência (perder urina involuntariamente na ocasião do desejo súbito de urinar, sem conseguir segurar a perda até chegar ao toilete). Mas por que a menopausa agrava as perdas de urina? A falta de estrogênios acarreta atrofia dos órgãos genitais e urinários (bexiga e uretra). Com isto, a mucosa da uretra e da bexiga ficam mais af

14 de março de 2021

A data de 14 de março é celebrado o Dia Mundial da Incontinência Urinária, condição que afeta mais de 10 milhões de brasileiros, e está entre as patologias do trato urinário mais comuns no Brasil. Ao contrário do que muitos pensam a incontinência urinária afeta pessoas de todas as idades, sexo e etnias. A incontinência urinária (IU) se caracteriza por qualquer perda involuntária de urina, uma situação relativamente comum, podendo afetar até 60% de mulheres, se analisamos uma população mais idosa. Vale dizer, que nesta população mais velha, a IU também é muito comum em homens, geralmente associada com problemas da próstata. É uma condição com baixíssima taxa de mortalidade, mas que está associada com enorme perda de qualidade de vida como resultado das alterações físicas, emocionais e sexuais que proporciona. Existem tipos diferentes de IU: incontinência urinária de esforço, de urgência, mista, fístulas e transbordamento. Cada uma delas está associada com fatores de risco diferentes como gravidez e parto, menopausa, idade, cirurgias e doenças neurológicas. O tipo mais comum é a incontinência urinária de esforço, cujas causas são, principalmente, o parto vaginal e idade. É, portanto, intuitivo, pensarmos que, para uma condição que se apresenta em diversas formas e que tem fatores desencadeantes diferentes, existam algumas alternativas de tratamento. Dessa forma, IU pode ser trata

Postado em Blog, Criança, Homem, Idoso, Mulher, Notícias, Sem Categoria por Ana Claudia Crotti
14 de março de 2018
Dia 14 de março, dia mundial da incontinência urinária, será realizada uma palestra pelas fisioterapeutas do NAPPS ( Edine Kitahara,Alini Cardoso Mati, Debora Beckner ,Lisânia Saisu e Tayse 
Postado em Sem Categoria por Ana Claudia Crotti
22 de fevereiro de 2018

Imagem: IStock O blog Viva Bem, (Blog da Lúcia Helena), trouxe nessa quinta feira um tema muito interessante: Metade das mulheres que treinam demais acaba fazendo xixi nas calças. Estudos demonstram que cerca de 50% das praticantes de esporte competitivo e das mulheres que, embora não sejam atletas profissionais, se dedicam a treinos intensos e frequentes podem apresentar incontinência urinária. A incontinência urinária afeta mais de 10 milhões de brasileiro, as mulheres e os idosos são acometidos duas vezes mais que os homens. Esses só apresentam o problema em função de problemas com a próstata. Algumas diferenças anatômicas, entre homens e mulheres, podem contribuir com o aparecimento do problema. A ginecologista Zsuzsanna Di Bella alerta: fazendo ou não esporte, as mulheres, desde a adolescência, deveriam adotar o hábito preventivo de contrair os músculos pélvicos algumas vezes por dia. Leia a matéria na íntegra: http://luciahelena.blogosfera.uol.com.br/2018/02/22/metade-das-mulheres-que-praticam-esportes-acaba-fazendo-xixi-nas-calcas/?cmpid=copiaecola  

Postado em Sem Categoria por Ana Claudia Crotti
26 de outubro de 2017

Com o objetivo avaliar os benefícios da realidade virtual no tratamento das queixas urinária de mulheres com incontinência urinaria de esforço, estudantes de uma universidade em São Paulo, convidam mulheres na faixa etária entre 25 e 50 anos, e que perdem urina para participarem do estudo. A utilização da realidade virtual é uma prática interativa e tridimensional que na fisioterapia é algo inovador, tornando a reabilitação mais atraente, mais lúdica e estimulante, podendo se tornar fundamental, levando ao fortalecimento muscular, articular e promovendo uma recuperação eficaz. Local de Pesquisa A pesquisa será realizada no “Centro de Promoção e Reabilitação em Saúde e Integração Social – PROMOVE SÃO CAMILO” localizado no endereço: Rua: Engenheiro Ranulfo Pinheiro Lima, 200; Vila Monumento (Ipiranga); São Paulo/SP. Desenho do Estudo Serão incluídas 40 mulheres divididas em 4 grupos para realização do tratamento: Grupo Controle (A): as mulheres realizarão tratamento da incontinência urinária como o uso das técnicas de terapia comportamental. Grupo (B): as mulheres realizarão tratamento da incontinência urinária com o uso da cinesioterapia. Grupo (C): as mulheres realizarão tratamento da incontinência urinária com o uso da cinesioterapia, associada a técnica de realidade virtual Grupo (D): as mulheres realizarão tratamento da incontinência urinári

Postado em Notícias, Sem Categoria por Ana Claudia Crotti
9 de outubro de 2017

No último dia 08, o site da BBC Brasil, trouxe uma matéria sobre a ex-ginasta Laís Souza, que em janeiro de 2014 sofreu um grave acidente durante um treino de esqui aéreo para a Olimpíada de Inverno de Sochi, na Rússia. Laís ficou tetraplégica, ou seja, perdeu todos os movimentos do pescoço para baixo por conta de uma lesão na coluna cervical. E por conta dessa lesão o esvaziamento da bexiga fica prejudicado, necessitando fazer uso de fraldas e sodas. Na torcida por Laís Souza! Leia toda a matéria no site da BBC Brasil: http://www.bbc.com/portuguese/geral-41262174   Foto: Retirada do site BBC Brasil

Postado em Sem Categoria por Ana Claudia Crotti
14 de agosto de 2017

Universidade Reabilitadora Data: 25/08/17 Horário: 8h30min – 11h Local: Hotel Travel Inn Rua Borges Lagoa, 1179 – SP -SP Realização: Increasing Palestrantes: Dra Augusta Morgado, Dra Laíse Veloso, Dr. Gustavo Fernandes e Dr. Rogério de Fraga Evento gratuito – necessário realizar inscrição Fone: 11 3938-6188 Email: administracao@increasing.com.br

Postado em Sem Categoria por Associação BC Stuart
24 de julho de 2017

#PerderUrinaNãoÉNormal A incontinência urinária é um problema que atinge 10 milhões de brasileiros e merece a devida atenção. O Hospital e Maternidade São Cristóvão realiza palestra sobre o tema, no próximo dia 28/07, às 10h30, na Moóca, em São Paulo, com a uroginecologista do Hospital e Maternidade São Cristóvão Dra Aline Muniz e com fisioterapeuta Fátima F. Fitz ambas membros voluntários da Associação Brasileira Pela Continência B. C Stuart. Participe! Mais informações: 11 2029-7617

Postado em Eventos, Sem Categoria por Associação BC Stuart