Tag: hospitalar

13 de julho de 2020

  Atualmente temos um cenário bem amplo para atuação do fisioterapeuta pélvico em diversas facetas, uma delas em ascensão é a atuação da reabilitação pélvica no ambiente hospitalar, precisamente em pacientes internados em enfermarias e em Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Os objetivos ainda na UTI são, reduzir as taxas de sonda vesical de demora (SVD) e de alívio (SVA), reduzir a infecção do trato urinário (ITU) , retirar precocemente a SVD, e prevenir precocemente as disfunções urinárias como por exemplo, retenções urinárias e bexigas neurogênicas 1,2. Dentro da enfermaria, o fisioterapeuta especialista tem o mesmo objetivo, de prevenção de ITU, redução das disfunções urinárias, e encaminhamento precoce, se houver necessidade de atendimentos ambulatoriais. Segundo referências bibliográficas, pacientes no pós-operatório de histerectomia radical, apresentam de 8 a 80 % de complicações na bexiga 3,4 assim como, pacientes paliativos, apresentam constipação intestinal com taxas de prevalência globais variando de 32% a 87%, 5,6além do que, a taxa de crescimento de ITU em pacientes que estão em uso de SVD cresce de um dia de uso (2,5%) para até seis a sete dias de uso (26,9%) 7, ou seja, a taxa aumenta 976% vezes a mais para o risco. Quanto mais tempo este paciente permanece com SVD, mais chance de ter ITU ele apresentar

Postado em Homem, Idoso, Mulher, Notícias por Ana Claudia Crotti | Tags: , ,